Search    Magazine | Zbynet | Google | Yahoo | Altavista | Lycos
Monday, September 16, 2019   Welcome/Bem-vindo  Guest/Visitante    
English Português Español

Currency / Brazil - Real

 

Poll / Enquete

O Brasil agora vai mudar.






 

Sponsor's

 
 

Advertisement

All News

O NOVO REI DA BOSSA NOVA?

                                               

por Sammy Artista

 

Mesmo o mais purista dos críticos poderia assim dizer, do cantor, guitarrista, baterista Vinicius Cantuaria. Nascido em Manaus, estado do Amazonas no Brasil, em 29 de abril de 1959. No final dos anos 60; ele tocava bateria e cantava na primeira banda de rock progressivo no Brasil: O Terço, gravando dois álbuns com a banda saindo grupo para trabalhar com Jorge Mautner, Gil e Caetano Veloso.

 

Na década de 70 ele co-escreveu com Caetano uma das mais importantes canções da época no Brasil, o funky ODARA, uma das melhores faixas de dança da musica brasileira moderna, e nas década de 80 escreveu a canção de maior sucesso de Caetano Veloso: Luz e Estrela.

 

Em 1983 gravou seu primeiro álbum solo, Vinicius Cantuaria. Assim Você, se transforma em uma das canções que mais marcaram os loucos anos 80 no Brasil. Na década de 90 Vinicius muda se para New York, e começa a trabalhar com diversos artistas do jazz underground, incluindo o muito respeitado Bill Frisell, que tocou em muitos de seus álbuns. David Byrne também, e tantos outros talentosos músicos, como o brasileiro Arto Lindsay que produz seu primeiro disco americano, Sol Na Cara, que recebeu muitos elogios da fechada comunidade jazzística.


A maioria dos músicos brasileiros não iria deixar o Brasil, no auge do sucesso, depois de estar trabalhando com o tão grande Caetano Veloso, para se aventurar nos Estados Unidos. Também muitos músicos brasileiros se contentam em tocar sambas ou bossas nos diversos clubes brasileiros em New York, sem aventurar-se no competitivo e louco mundo do jazz.

 

Eu realmente nunca fui muito fã de bossa nova, nunca toquei bem este estilo, e meu coração não esta na bossa. Mas conhecendo a mente de Vinicius Cantuaria e tendo ouvido o que esta fazendo com sua musica, eu diria que ele e o melhor nome pra sucessor de Tom Jobim, por que ele não se conformou de ficar dentro do som regular da bossa nova, e realmente esta se expandindo para incluir muitas novas cores, tornando o estilo bastante interessante, em vez de apenas a mesma coisa velha.

 

Agora em mais uma turnê para a Europa, ele tem estado ocupado e com muita energia sempre se transformando e fazendo musica eterna e também etérea, o que e algo raro nestes tempos modernos.

 

Discografia:
Vinicius Cantuaria (83), Gávea da Manhã (84), Sutis Diferenças (85) Siga-me (86), Brasil Nu (87) Sol Na Cara (96) Amor Brasileiro (98) Tucumã (99) Vinicius (99) Live: Skirbal Center (2003) Horse and Fish (2003), Silva (2005) Cynbals (2007).